14/05/2007

meme

não confundir um meme com o Memê — parceiro de Lulu Santos da fase cabelo-branco-cabelo-amarelo em Assim Caminha a Humanidade, Eu e Memê, Memê e Eu e Anticiclone Tropical. o Memê é um DJ, desses que os moderninhos andam chamando de deejay na tentativa de se distanciar do original disc jockey por lembrar uma série de coisas bizarras como corrida de cavalos, Os Embalos de Sábado à Noite, Gloria Gaynor, "Quem quer bacalhau?", USTop e outras cafonices dos anos 70 e da onda disco. mas o que é um meme então? segundo informa o Sergio Fonseca, um meme é um gene cultural que, no plural, podem ser idéias ou partes de idéias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa. e agora que está tudo muito bem explicado, vamos ao que interessa — ou seja, e mais precisamente, a parte que fala sobre "qualquer outra coisa".

contribuição meme para meus contemporâneos e descendentes:

um sim nem sempre é um sim. um não nem sempre é um não. um talvez sempre é um sim ou um não, dependendo da situação.
Manual da Vida Moderna (pág. 78357) *

* 127 semanas ocupando o segundo lugar na lista dos livros mais vendidos no gênero ficção jamais escrita ou publicada.

que repasso a... ahn... mas que merda! dei de cara com um abismo social! é nisso que dá ser um indivíduo antipático-egocêntrico cheio de manias e neuroses psicossomáticas.

5 comentários:

Silvia Chueire disse...

Meme.. só hoje descobri o que era. Aí venho aqui e aí está vc falando disso. Essas coisas "in", sei não.

De qualquer jeito já devo ter passado gene cultural por aí sem nem saber o que era, se aceitaram e outro caso. Até a comunicação está se curvando aos conceitos biogenéticos, daqui a pouco será a psicanálise. E haja ciência...uff

: )

Ane disse...

Buuu...
Eu devia ter imaginado que vc ia sacanear a brincadeira.

A e sobre a Clarice: vc já deve ter lido muito, vc é a cara do personagem que entra no quarto da empregada em Paixão de GH. Hohoho!
Beijo, guri.

Rogerio B. disse...

Silvia e Ane,
ah, achei bonitinho o tal meme. gosto dessa interatividade social — ih, hoje acordei carente! mas assim, achei o meme muito anti-séptico, como tudo na vida moderna: você do lado de lá, eu do lado de cá, num estado de segurança apocalíptico — ahn, esse "apocalíptico" inventei agora pra colocar um pouco de dramaticidade no comentário.

enfim, gene é uma coisa que vai passando de um para o outro através de um processo remoto. prefiro um vírus que arromba a porta, abre a geladeira, chuta o cachorro, picha as paredes, etc... olha aí, podiam inventar uma coisa assim: "você do lado de cá, eu do lado de lá"! a Ane, por exemplo, poderia se vingar e publicar no meu blog um daqueles textos da Clarice Lispector ou do Baudelaire! em resposta eu ia lá no Formiguinha e publicava um texto cheio de puta-que-pariu por extenso! :P

beijos!

ps. putz! agora fiquei curioso pra saber que personagem é esse que invadiu o quarto da empregada da GH. a empregada era gostosa? conta aí vai!

S_E disse...

hahahahahaha
divertido e verdadeiro feito contratransferir-se diante do espelho.....kick out the jam

Sara_Evil

Saramar disse...

então meme é isso??!!
E eu que recebendo um, escrevi quase uma comédia da vida humana!
Que vergonha!
Eu nunca sei de nada.