01/06/2007

Porto Alegre, zero grau. gripe, tosse, tosse, tosse e febre. sapatos, meias de lã, luvas, cachecol, dois blusões e uma jaqueta forrada com tecido super-ultra-moderno que prometia deixar o frio do lado de fora. meu organismo não entende nada dessas super-ultra-modernidades e continuava tremendo de frio. um vento gelado cortava todos os meus pensamentos e restavam apenas vontades dispersas como casa, café, chocolate, cobertor e televisão. segui em frente sem enxergar quase nada, com a cabeça completamente enfiada dentro de golas e dobras. muito esquisito caminhar pela rua escutando Radiohead gritando nos meus ouvidos "but i'm a creep, i'm a weirdo". casa, café, chocolate, cobertor e televisão. preciso me concentrar em outras urgências como aprender a tocar guitarra ou avisar ao mundo que, devido a um pequeno incidente, Deus já era! na real, foi sem querer e tudo ainda continua muito confuso na minha cabeça.

semana passada estava folheando uma revista quando descobri um questionário: qual a frequência que você fala com Deus? a) todos os dias; b) domingos e feriados; c) uma vez por mês; d) raramente; e) nunca. pensei um pouco e cheguei a conclusão de que falo com Deus no meio da noite sempre que estou com fome. tipo: seria legal se Deus fosse um entregador de pizzas. e não é que rolou? não Deus ou o entregador, mas a pizza! ahn... na verdade, essa parte é que ficou meio confusa.

de repente, uma pizza se materializou assim-do-nada-ali-do-meu-lado. uia! — concluí depois de refletir bastante sobre a situação. lembrei de Maria Rita: "vejaaaa, a qualidade está inferior... e pode acabar muito pior!" foi quando a pizza começou com uma conversa esquisita dizendo que era Deus e tal. a pizza, ou Deus, sei lá, tentava me explicar que costuma se apresentar como uma projeção de fácil compreensão para não provocar o caos, infartos, síncopes ou chamar atenção com sua forma resplandecente, ofuscante e etc... confesso que achei aquela conversa uma veadagem sem precedentes, mas já estou acostumado com essas crises de ego e acho mesmo que "viver tá me deixando louco e já não sei mais do que sou capaz!"

e aí? perguntou Deus. hmn? retruquei! o que você quer? eu? é! nada, acho. não deseja conhecer as respostas sobre a vida, o paraíso e a inspiração que levou a criação do universo e da música Shine On You Crazy Diamond, do Pink Floyd? ahn... na verdade, não me interesso muito por essas coisas. e se existem outras formas de vida inteligente no universo? e existem? sim, mas não são "outras". como assim? é que para definirmos como "outras", teríamos que aceitar os humanos como uma forma de vida inteligente e na classificação geral de inteligência no universo... bom, vocês são comparados com as pedras. ah... o que mais quer saber? ahn... isso aí por cima do queijo é rúcula?

enfim, acho que comi Deus... assim, no sentido gastronômico da coisa. e Deus tinha gosto de tomate seco com rúcula.

4 comentários:

Saramar disse...

Idem, idem, só mudando a posição geográfico que acho que foi o que Deus fez, errando por um a´timo e chegando na pizza, disco voador, sei lá.
TOdos os deuses são loucos e tentam nos enlouquecer. Deve ser isso que aconteceu.

Ane disse...

Rogerio, presta atenção... não pega bem essa coisa de comer Deus, nem que tenha gosto de tomates secos com rúcula. Não é politicamente correto. Te orienta ô bagual!

Por falar nisso, outro dia eu te mandei um e-mail politicamente incorreto. Podia ter dito: "ó, não gostei!"... mas nada. Criaturinha complicada! Aqui também tá frio, se servir de consolo, eu ando até usando manga.

Beijo.

Silvia Chueire disse...

ahahaha..é cada idéia...

se eu tivesse assim tanta idéia tava feita. vc não está? : )

Rogerio B. disse...

Saramar,
você já comeu um disco voador"? nunca tinha pensado nisso... boa idéia! :P

Ane
meu cardápio anda assim: Deus no café da manhã, qualquer santo no almoço e o o Diabo no jantar. só não como virgens porque as pobres coitadas já estão reservadas para outro tipo de sacrifício. e gostei e respondi o e-mail da assombração! bú!

Silvia
isso dá dinheiro é!? caraca, tenho um monte de outras idéias por minuto... estou feito!!!

beijos