27/12/2007



e não me venham falar em mudanças para 2008.
eu vou continuar o mesmo!

10 comentários:

Ale disse...

Promete?

Rogerio B. disse...

idem?

Ane Ro disse...

Tenho sugestões amigas, dá licença? Sem promessas de mudança não existiria a hipocrisia, a demagogia, o cinismo legal (sim, isso existe). Ano Novo foi feito justamente pra gente exercitar promessas. Vou fazer uma lista pra você, tá?

1) beber apenas coisas caras (pra beber menos); 2) largar essa porcaria de cigarro fedorento; 3) ver amigos no Rio pelo menos três vezes ao ano; 4) comer coisas que vc nunca tinha comido (agora ostras já estão fora, né?) 5) não sumir, desaparecer, esquivar-se furtivamente diante dos amigos; 6) viajar pra Colômbia; 7) desfilar na Sapucaí; 8) responder meus e-mails e minhas perguntas todas...

Bom, não? Posso continuar... fazer lista pros outros é molinho.

Bjs, guri.

Rogerio B.ç disse...

Ane Ro
peraá lá... agora preciso me concentarr... ai, de novo sob efeito do alcools... ahn... seguinte... promessa de largar o cigarro improva´vwelç... proemaassa de beaer.. beber! aí! acetei! cpisas caras tipo o que? já bebi absinto que é ima vortuna e nãop deou certo... agpra só bebo uósque baraatop, pé bme verfadde, mas já oi uima evoluçãop e tanto! ahn... esquce tufo... amanhã ei voplto!
beijos! uia, semrptewe acerto os beijod... pleo menos ispo!

Silvia Chueire disse...

ué, ostras não, por quê? : )

beijos,
silvia

Rogerio B. disse...

Silvia,
ostras? sei lá, deve ser porque agora já sei o sabor... risos! :P
beijos

Ale disse...

Gostei das sugestões e ficam melhores com o acréscimo luxuoso de minha companhia, tu não achas? Bah... eu nunca comi ostras, Ro! É feio confessar uma coisa assim? Vou procurar no mercado púbico. Lá deve ter, né?

Kisssssssesss!

Sergio Fonseca disse...

rapaz...
pelo que estou vendo, essa temporada no Rio te fez muiiiiito bem mesmo. ;-)

ah! o cd que você deu pra menina (fui no blogo dela, minha curiosidade é fogo!) é duca.

Ane Ro disse...

Ah...

Isso é pra Silvia, ok?
- eu falei que ostras fora porque era algo que ele nunca tinha experimentado, mas acabou experimentando em 2007 por causa da gentileza e simpatia carioca representada na querida Silvia, claro! Mas isso não inviabiliza outros sabores aqui no Rio, ok?

Agora pro Ro B. & Le
- Guri, eu não sei se Porto Alegre tem ostras, mas diga para tua nova* amiga que o Rio está sempre de braços abertos para mostrar os sabores do mar. E eu disse "nova" porque a única Alessandra que eu via por aqui era a Félix e isso me confundiu. Ok, mas talvez seja velha amiga e eu seja uma pessoa distraída, sei lá.

Sobre o Longes:
Sergio já tinha adorado o Ramil, mas esse CD não temos (e nenhum velho amigo me presenteeou com ele, sabe???) Então, ouvimos precariamente numa opção internáutica. A música Neve de Papel caiu feito luva numa foto do Papel de Pão. Adorei!

Beijos e beijos!

Rogerio B. disse...

por partes...

Le,
não confiaria em ostras do mercado público de Porto Alegre, melhor aceitar a sugestão da Ane... simbora pro Rio!

Ane,
ahn... conheço a Le há um bom tempo... só andamos meio "longes" um do outro. ;)

Sergio e Ane,
resposta vai por e-mail!

beijos